Porque eu não progido mais em francês ? Parte 1 – tipos de bloqueio

Existem vários motivos que impedem o progresso na aprendizagem de uma língua e é fundamental tem clareza a respeito da natureza dos bloqueios.

Além dos tipos de bloqueios, é fundamental conhecer as vantagens e desvantagens de seu perfil e de sua modalidade de estudo. Nessa primeira parte vamos apenas falar dos tipos de bloqueio.

Caso deseja ter uma análise global de seu nível em francês, pode marcar uma aula de avaliação aqui.

Falo com fluência mas erro muito na escrita

O francês é muito díficil de escrever, sabemos disso. Quem aprendeu a língua durante uma estadia prolongada na França ou no Canadá ganha geralemente confiança e fluidez na parte oral, mas na ausência de uma cobrança escrita essa parte é geralmente desprezada e a medida que o nível geral aumenta, a divergência entre o conhecimento geral da língua e a competência na escrita só aumenta até se tornar um abísmo.

É o caso também de alunos que focam muito na comunicação e não tem muito apego a gramática em geral ou mais especificamente aos aspetos construtivos da língua.

Se puder, procure um professor que te guia e te permite criar uma visão analitica de seus textos para :

  1. 1- enxergar seus erros, pois é mais fácil ver os erros dos outros do que seus,
  2. 2-criar mecanismos de controle da coerência das frases,
  3. 3- saber antecipar os erros para enfim evitá-los.

O objetivo é criar um senso critico de análise de texto a partir do conhecimento técnico da língua. Para ter uma breve idea, pode tentar achar os 10 erros escondidos em cada textos aqui.

  1. Não impossibilidade de ter um professor, a leitura é um excelente exercício pois, de modo passivo, seu cérebro assimila construções corretas e consolida vocabulário ao mesmo tempo.

Escrevo bem mas travo na hora de falar

Você não seria um pouco perfecionista? Errar faz parte do processo de aprendizagem, mesmo que queira que tudo saía perfeito, errar é preciso e importante. Como sempre digo, aprendemos a andar caindo.

O tempo e a reflexão existentes na escrita deixam de existir na expressão oral, a qual precisa de dinamismo, interpretação rápida e interatividade. Pode ser bom repensar em rebaixar o nível de exigência, mesmo que temporariamente e ser tolerante consigo mesmo, até chegar ao próximo nível pois verá que existe novos desafios pela frente. Assim pode criar uma dinâmica de aprendizagem com fase de perfecionismo e fase de tolerância que pode te levar a um excelente nível em francês.

Um professor pode também te ajudar a ganhar auto-confiança.

Tenho muito vocabulário mas travo para falar

Talvez o excesso de vocabulário seja o problema. Muitas palavras mas pouco conhecido de construção de frases cria engarrafamento no sua mente.

Recomendo estudar formas simples de construção de frases e aumentar a dificulade progressivamente. Atualmente os passos 1 e 2 do portal de curso constituem um bom ínicio.

Ao assistir um video ou ler um documento, entendo muito bem mas não consigo explicar para alguém em francês, reformular as ideias com minha próprias palavras ou sintetizar ideias complexas

Provavelmente, você sabe muito bem comunicar em situação cotidianas e informais e parece dominar bem a língua mas os assuntos complexos te fazem sair da zona de conforto. Por ser naturalemente comunicativo e sociável ou por ter privilegiado a comunicação informal e a conviviênça, seu francês está limitado a este campo de atuação.

É o caso também dos estudantes autônomos que estudam a partir de diálogos ou podcast.

Caso preciso expressar ideias complexas, argumentar, convencer, debater ou passar no DELF B2, você precisa desenvolver suas capacidades argumentativas tais como saber fazer hípoteses, expressar relações de causalidade e dar sua opinião.

Estou bem no francês mas tenho dificulade para entender os nativos, que seja em vídeo ou na presencialmente. Assisto filmes com legendas mas continua díficil

Assitir filmes e séries em francês… Ótima dica, más há um momento certo para isso. Filmes e séries estão repletos de contrações informais, falas rápidas, giria e linguagem familiar, ou seja, são ótimos para quem já está bem na compreensão oral e quer ir além para ganhar vocabulário, expressões idiomaticas e capacidade de interpretação rápida. Mas será que está adequado a seu nível? Cuidado para não pular as etapas ou como se diz em francês brûler les étapes, pois sua motivação está em jogo. Se se desanimar aos assitir filmes e séries, que em tese é uma forma legal, lúdica e sem esforço de aprender, você vai perder a motivação.

Recomendo começar com documentários simples, tipo da vida animal pois são basicamente a narração do que ocorre na tela, uma boa forma de associar eventos a vocabulários. Além disso, o tom e a velocidade do narrador são controlados, lentos e regulares.

Assim que estiver a vontade, experimente documentários sobre temas de sociedade onde encontrará uma mistura de narração e entrevistas. Os entrevistados tendem a falar mais rápido devido ao entusiasmo ou estresse da entrevista. Assim, momentos de narração tranquila e entrevistas mais díficieis de entender são alternados permitindo a seu cérebro de ter momentos de descanso entre momentos de esforço, o que vai permitir ganhar resistência. Existem vários graus de dificuldade em documentários, e quando estiver accompanhando sem dificuldade os mais dificeis, já está no hora de pular para filmes e séries.

Com uma abordagem mais técnica e que necessita mais empenho, pode realizar atividades de comprensão oral progressiva que oferecmos aqui.

Falo sem vergonha mas sei que errou muito

Você sempre se faz entender mas não se pode dizer que fala bem, contudo seu objetivo está alcançado já que nós falamos para comunicar, não é? É verdade mas uma hora ou outra é preciso corrigir esses erros e quanto mais esperar mais díficil fica de consertar os vícios.

De todos os bloqueios, eu diria que o mais delicado de destravar devido ao conforto adquirido e o enraizamento dos erros. É preciso desacelerar a fala e prestar mais atenção. A presença de um professor que saiba intervir na hora certa é um bom caminho.

 

AUTRES LEÇONS

Laisser un commentaire